Bem vindo ao Blog do Condomínio Reserva do Alto Aricanduva.

Posts Recentes
Arquivos

Som Alto durante as Festas e Uso de Furadeira fora do Horário permitido

July 10, 2017

1/10
Please reload

September 30, 2016

Please reload

Como acostumar seu gato a passear de coleira

20 Jul 2016

Os gatos são curiosos por natureza, eles adoram patrulhar seu território e ver todas as novidades. Experimente mudar um móvel de lugar, seu bichano provavelmente vai ficar um tempão em cima dele apreciando a nova vista da sala! Mas como na maioria dos lugares é muito perigoso deixar um gato solto na rua (atropelamentos, envenenamentos), o passeio se torna o jeito seguro de atender aos instintos de explorador dele. É super fácil acostumá-lo com a coleira, independente da idade, mas a coisa precisa ser feita no ritmo do gato e não no seu. 

 

Antes de fazer qualquer coisa, compre uma coleira de elástico para o pescoço e uma plaquinha de identificação. Mesmo que o gato nunca saia de casa é super importante identificá-lo 24h por dia, é uma precaução que não custa quase nada e pode ser a garantia de vocês se reencontrarem caso o pior aconteça.

 

A coleira de passeio precisa ser uma peitoral. Não só porque seu gato pode se desesperar e se enforcar, mas porque uma coleira de pescoço passa super fácil pela cabeça e ele pode fugir. A guia mais segura é a comum, já que a retrátil pode causar acidentes (imagina se ele se assusta e corre para a rua ou pula um muro e fica pendurado).

 

Então vamos começar:

 

O treinamento começa dentro de casa.

Coloque a peitoral bem folgada no gatinho, dê petiscos para ele, procure brincar e distraí-lo. No início talvez ele não curta muito a experiência, deixe a peitoral apenas alguns minutos por dia, e vá aumentando o tempo e ajustando-a até que ele se acostume a usá-la. A peitoral tem que ficar bem justa ao corpinho dele.

 

Agora que ele já acostumou com a peitoral, vamos acostumá-lo a guia. 

O processo é o mesmo. Coloque a peitoral (com a qual ele já está acostumado) e depois a guia. Deixe-o andar pela casa arrastando-a, certifique-se que ela não se prenda nos móveis, brinque com ele, dê-lhe petiscos. Faça isso durante alguns dias até que ele ande com a peitoral e a guia sem se sentir incomodado.

 

Segure a guia, mas nunca deixe-a tensa. O gatinho não deve sentir que tem algo prendendo-o.

 

Finalmente o dia do passeio.

Ao contrário de cachorros, os gatinhos não curtem muito a companhia de outros animais e muitas pessoas. Então escolha um local tranquilo. Leve-o no colo ou na caixa de transporte. Ao chegar no loca,l abra a porta da caixa ou coloque-o no chão. Se ele estiver dentro da caixa de transporte, não o tire de lá, ele sairá quando se sentir seguro, o que talvez não aconteça nos primeiros dias, mas não desanime.

 

Nunca puxe a guia e nem espere que seu gatinho saia logo explorando tudo, lembre-se que gatos são animais cautelosos e fazem tudo no tempo deles, então se ele preferir ficar sentadinho ao lado da caixa de transporte só observando e sentindo o local deixe-o a vontade.

 

É importante que o leve sempre ao mesmo local, a medida que ele se acostuma ele vai começar a andar e explorar, nunca puxe a guia e deixe sempre próximo a caixa de transporte com a porta aberta, para que ele entre caso se sinta inseguro.

 

 

 

Se o seu gatinho ainda não for vacinado ou for portador de FIV/FELV, não o leve para passear, pois ele pode contrair doenças graves e até mesmo fatais.

 

Bom passeio!

 

 

 

 

 

Please reload

Sigam-nos
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon

Nossas Redes Sociais

Fale Conosco

 

 

Copyright © 2016 Condomínio Reserva do Alto Aricanduva

 

Telefone: (11) 2724-0881

Você é nosso visitante nº
  • Facebook Social Icon